6 Dicas de Kerning para Seus Logos

1 – Tenha duas versões de tipografias
Ajuda os clientes a verem o seu trabalho em diferentes cenários.

2- Letras inclinadas são ‘diferentonas’
Letras como A, V, Y, W merecem uma atenção melhor e tem muito espaço negativo, fazendo com que o kerning delas seja um pouco menor.

3 – Não crie um kerning todo
Faça sempre o Kerning de cada letra.

4 – Depois crie grupos com três letras
Ver a palavra como um todo vai fazer você perder detalhes importantes.

5 – O espaço entre as palavras é diferente
Aqui não tem regra fixa. O kerning entre as letras vai ser um pouco diferente do das palavras, mas não pense em usar regra de dobro, triplo ou qualquer uma, a única regra é: consiga distinguir uma palavra da outra.

6 – Vire sua palavra de ponta cabeça
Isso quebra os apegos familiares que você tem do trabalho feito.

Venda seus vetores em Adobe Stock

Artigo por Pedro Renan – Quarto Criativo

 

6 Princípios de Um Bom Design

1 – Inovação
O popular pensar “fora da caixa” nunca foi tão importante. Nesse mercado competitivo, reinventar a roda é a melhor saída.

2 – Esclarecedor
O seu design precisa dispensar explicações do funcionamento do produto, empresa.

3 – Honestidade
Fale sempre a verdade sobre o seu produto e o primeiro jeito de fazer isso é com um design que fala o real objetivo dele.

4 – Durabilidade
O design que dura anos não se prende ao modismo e nem é afetado com o passar do tempo.

5 – Detalhista
Nada é deixado por acaso. Um espaço negativo, um pixel a mais, uma inclinação, rotação…tudo isso fortalece o design.

6 – Estética
Não só de funcionalidade vive o design, além disso ele precisa ser esteticamente agradável, bonito.

Seja um colaborador Adobe Stock e ganhe dinheiro com suas ilustrações, vetores e imagens!

Artigo por Pedro Renan – Quarto Criativo

 

Movimento

A representação de movimento em uma imagem pode ser representada de algumas formas, vamos ver nesse post algumas das principais maneiras. Colocar pessoas em situações onde o movimento parece óbvio é uma boa maneira.


Atletas corredores, ciclistas e motoristas darão a impressão ao espectador de que a cena está em plena ação e dependendo das posições e enquadramentos, dará a impressão de maior ou menor velocidade.

Outra maneira seria usar os recursos de baixa velocidade de sua câmera fotográfica para dar rastros em uma cena, dando ao espectador a real impressão de que a imagem está em movimento.

Nesta imagem, por exemplo, o autor, que provavelmente está em um veículo como um trem, usou o recurso de controlar a velocidade da câmera fotográfica para poder deixar os rastros dos pontos luminosos e conseguir então esse efeito.

Já neste caso, a câmera está parada e quem está em movimentos são os carros que passam em uma avenida ou estrada. Como o tempo de exposição da imagem é relativamente longa os rastros dos pontos luminosos são registrados pelo sensor da câmera, mas o carro, por não ser um ponto luminoso, não é registrado.

Agora divirta-se, seja colocando as pessoas ou objetos em uma ação que dê ao expectador a ideia de ação, ou criando efeitos borrados causados pelas baixas velocidades de sua câmera fotográfica.

Usar recursos de desfoques no processo de pós produção dentro do Photoshop também pode ser uma alternativa para a ideia de movimento.

Seja um colaborador Adobe Stock e ganhe dinheiro com suas fotos!

Artigo por Rodrigo de Magalhães

 

5 Técnicas de Fotografia Profissional

1 – Efeito Bokeh
Reconhecido principalmente pelo desfoque em forma de disco, você consegue esse efeito devido à diminuição da profundidade do campo, assim como em uma fotografia macro.

2 – Golden Hour
Aparecendo melhor e mais naturalmente no pôr do sol ou nascer do sol. A angulação da luz natural favorece muito, pois atinge de frente os elementos das fotos.

3 – Panning
Exige um pouco mais de paciência do fotógrafo, pois ele vai fotografar um elemento em movimento, fazer ele parecer imóvel e a sensação de movimento continuar ao fundo.

4 – Flash no Dia
“Flash só em fotos noturna” eles disseram, mas eles não imaginam que o flash em fotos matutinas ajuda a acabar com as sombras causadas pelas fortes luzes naturais ou de luminárias.

5 – Efeito Contre-Jour
Teoria e prática fácil, tire fotos de um objeto ou pessoa contra a fonte de luz, criando assim um efeito de silhueta o objeto/pessoa focado. Aliás, Contre-Jour é “contra a luz” em francês.

 

Venda suas fotos e vídeos em Adobe Stock

Artigo por Pedro Renan – Quarto Criativo

 

Tudo que um usuário de Photoshop precisa para começar no Adobe XD

Se você é um usuário de Photoshop e ainda não experimentou o Adobe XD, agora é a hora para começar, já que a versão do XD deste mês fornece uma capacidade intuitiva e fácil de usar para conectar seus projetos de Photoshop e transformá-los em aplicativos interativos e protótipos para web. Sua interface intuitiva faz o trabalho em ambos os aplicativos com um poderoso e eficaz fluxo de trabalho, que também inclui opções para compartilhar seus projetos e coletar feedbacks rapidamente.

Com a ajuda do Evangelista Sênior da Creative Cloud, Paul Trani, nós estamos orgulhosos de apresentar alguns passos simples para inserir seus arquivos de Photoshop no Adobe XD e criar o melhor fluxo de trabalho multi-app. Veja o que você precisa saber para elevar seus trabalhos no Photoshop a outro nível.

Começando: Traga seus arquivos PSD para o Adobe XD

  1. Faça o download do Adobe XD ou experimente a versão de teste
  2. Comece um novo projeto e clique em Arquivo > Abrir. Localize seu arquivo PSD e clique em Abrir
  3. O Adobe XD irá importar seu arquivo de Photoshop com alta fidelidade, trazendo automaticamente as camadas, efeitos, grupos e máscaras. Essa alta fidelidade de importação permite que você manipule o .PSD no Adobe XD e use-o para planos de fundo, ícones, etc. Aqui você tem uma lista para recursos suportados quando você abre um arquivo de Photoshop no XD.
  4. Use as ferramentas do Adobe XD para desenhar seu aplicativo ou website. Troque para modo protótipo e, então, conecte as telas para criar um protótipo totalmente interativo.
  5. Veja seus projetos de Photoshop ganharem vida, como um aplicativo totalmente interativo e protótipos para websites.

“É tão simples quanto, basicamente, abrir o PSD diretamente no XD e começar. Quando você tiver seu projeto do Photoshop no XD, leve-o para o protótipo e junte algumas telas. A partir daí, todas as camadas serão camadas individuais, assim, tudo ficará agradável e organizado”, afirma Trani.

Copie e Cole Seus Projetos de Photoshop no Adobe XD

Para um jeito ainda mais fácil de trazer seus projetos do Photoshop para o Adobe XD é, simplesmente, copiar e colar seu trabalho no aplicativo. O fluxo de trabalho “copia e cola” permite que você coloque todas as camadas individuais de uma imagem do Photoshop ou todo o seu trabalho como uma única imagem com todas as camadas juntas. Confira os passos para copiar e colar seus trabalhos de Photoshop no Adobe XD:

  1. Use a Ferramenta de Seleção no Photoshop e selecione o conteúdo que você gostaria de copiar para o XD.
  2. Clique em Editar > Copiar no Photoshop para copiar o conteúdo da camada atual ou selecione Editar > Cópia Mesclada para copiar todo o conteúdo de todas as camadas da área selecionada.Abra o Adobe XD e clique em Editar> Colar para colar a camada copiada ou todo o projeto no XD como um bitmap.
  3. Abra o Adobe XD e clique em Editar> Colar para colar a camada copiada ou todo o projeto no XD como um bitmap.

Importe Seus Ativos do Photoshop para o Adobe XD Usando as Bibliotecas da Creative Cloud

Um dos modos mais fáceis para trabalhar com o Photoshop e Adobe XD é importar seus trabalhos de Photoshop para a Biblioteca da Creative Cloud. Use essa mesma biblioteca para acessar seus projetos no Adobe XD. Você não só pode reutilizar seus ativos do Photoshop no seu aplicativo ou nos protótipos de website no XD, como também pode editá-los no Photoshop e ter essas mudanças automaticamente atualizadas no Adobe XD. Veja os passos para importar seus ativos do Photoshop para sua Biblioteca Creative Cloud e acessá-los no Adobe XD:

    1. Selecione o conteúdo que você gostaria de importar no Photoshop. Do lado direito da sua tela, embaixo de Bibliotecas, clique no botão +. Tenha certeza que o gráfico está selecionado antes de clicar em Adicionar.
    2. No Adobe XD, clique em Arquivo > Abrir Bibliotecas CC. Clique e arrastes seu ativo de Photoshop para seu projeto Adobe XD.
    3. Você agora está trabalhando com um ativo conectado. Quaisquer mudanças feitas nele no Photoshop irão refletir automaticamente no Adobe XD.

“A razão pela qual eu usaria as Bibliotecas da Creative Cloud é porque são um link. Assim, eu posso ir até minha biblioteca, clicar diretamente em “selecionar”, editar no Photoshop para ajustar o plano de fundo, e, em seguida, eu posso voltar ao XD, depois de ajustá-lo. É uma conexão direta ao vivo. E, se você tem 15 artboards diferentes, isso simplifica muito a vida” diz, Trani.

Saiba mais sobre as Bibliotecas Creative Cloud no XD

Crie Rapidamente Experiências Multitela com seus Ativos Photoshop

Se você trabalha muito no Photoshop, você provavelmente gasta muito tempo fazendo pequenos ajustes em diversos elementos visuais. Quando você traz esses ativos para o Adobe XD, você é capaz de usar o poderoso recurso Repeat Grid para economizar tempo. Com o Repeat Grid, você, basicamente, cria um grupo de objetivos, que pode incluir seus projetos de Photoshop. Mudanças feitas em uma artboard serão, automaticamente, aplicadas a todas as outras.

“Quando se trata de criar um novo design, ter pequenos ícones ou botões, usando ferramentas como o Repeat Grid é realmente muito simples. Se eu tenho que ter uma tela com cinco diferentes itens e todos precisam ser iguais nas artboards, é muito tempo copiando e colando no Photoshop. No XD é muito fácil criar experiências consistentes entre muitas artboards usando seus ativos do Photoshop”, conclui Trani.

Para um tutorial detalhado sobre como usar o Repeat Grid no Adobe XD, confira o nosso post no blog Explorando o Repeat Grid no Adobe XD, e depois experimente nos seus próprios projetos.

Tenha um Feedback Rápido dos Seus Projetos de Photoshop

Uma grande vantagem do usuário de Adobe XD para desenhar e criar protótipos interativos é a capacidade de facilmente compartilhar suas criações via links e ter um feedback. Isso também pode ser muito útil para garantir um feedback dos seus projetos no Photoshop.

Para começar a compartilhar um protótipo interativo, depois de você criar e conectar suas artboards, basta clicar no botão de compartilhar no canto direito superior do Adobe XD e depois em Publicar Protótipo. A partir daí, você pode clicar em Criar um Link Público para gerar uma URL que você pode compartilhar com os outros. Assim, qualquer pessoa com a qual você compartilhar o link pode comentar e destacar aspectos específicos de um trabalho.

“Se eu tenho esse link e quero dar um feedback sobre um trabalho de Photoshop, eu posso fixar comentários em determinadas partes, uma vez que o projeto de Photoshop está dentro do Adobe XD. O cliente pode dizer ‘ei, deixe isso verde’ e fixar esse comentário no lado esquerdo superior, onde eles querem que algo fique verde. Tudo isso está sendo rastreado e você pode resolver isso como designer; especialmente se esses recursos estiverem conectados, aí você pode facilmente abrir o Photoshop de volta e atualizar esse link mais tarde”. diz Trani.

Isso também pode ser uma ótima ferramenta para trabalhar com desenvolvedores, à medida que eles podem acessar informações de dimensionamento de todos os elementos a partir de um link específico do trabalho publicado.

Há muitas vantagens em trabalhar no Photoshop e no Adobe XD. Usar as ferramentas em conjunto torna mais fácil a criação de projetos incríveis que se transformam em impressionantes e interativos protótipos de aplicativos web. Veja mais alguns recursos para te ajudar a começar a usar o Adobe XD:

**

“Eu acho que o XD é muito fácil para qualquer usuário do Photoshop entender. As ferramentas são realmente simples. Se você conhece o Photoshop, você conhece o XD”, afirma Paul Trani.

Kits de Ícones Grátis

Nós liberamos 3 kits de ícones exclusivos e gratuitos criados pelos famosos designers Anton & Irene, Büro Destruct e Lance Wyman. Leia no blog e faça o download dos kits de graça.

Combinando Cores

Pode parecer uma tarefa fácil e que muitos profissionais acabam não dando o devido valor quando se trata de combinar de forma correta as cores em uma imagem.

Para que uma imagem pareça harmônica, onde as cores conversem entre si, ou mesmo que essa imagem cause no espectador a sensação pretendida pelo autor, as cores têm um papel muito importante no processo de idealização.

Confesso que para esse item do meu planejamento para uma imagem, eu inicio meus estudos muito antes mesmo de colocar a mão na câmera fotográfica. A construção de uma imagem vai muito além de simplesmente a ação de clicar.

Uma ótima alternativa é o Adobe Color, ferramenta ideal para descobrir e entender como funciona o processo de combinar as cores dentro do círculo cromático.

Seja em uma combinação análoga, complementar, monocromática ou até mesmo, totalmente customizada, você pode iniciar um processo criativo de combinação de cores utilizando essa ferramenta incrível. Nele é possível ter a referência das cores nos principais modos de cores, utilizados pelos softwares de edição de imagens Photoshop ou Lightroom, como RGB, HSB,  CMYK, LAB ou ainda em valores Hexadecimal.

Uma das combinações mais comuns em produções visuais é o famoso “Teal and Orange”, muito utilizado, principalmente pelo contraste de cores que é criado a partir desta combinação.

Por se tratar de cores opostas no círculo cromático, o T&O causa uma sensação agradável aos olhos dos espectadores, principalmente por ser uma combinação muito fácil de ser encontrada na natureza. Ao acentuar tons alaranjados na pele de uma modelo que está sendo fotografada contra um céu azul, é possível ter a tão cobiçada combinação que vemos em tantos BlockBusters.

E aí, pronto para experimentar essa e outras possibilidades de combinação de cores para as suas imagens?!

Seja um colaborador Adobe Stock e ganhe dinheiro com suas fotos!

Artigo por Rodrigo de Magalhães

 

7 Dicas para Fotos Melhores

Com certeza, a pergunta feita por milhares de fotógrafos iniciantes é essa: Como melhorar minhas fotos? Talvez ela possa ser respondida em alguns livros ou em alguns itens de nossa lista, vamos conferir?

1 – Entre na fotografia
Não adianta gostar de fotos da natureza, querer fazer fotos naturais sem ao menos ir no matinho perto da sua casa. Entre em contato. Robert Capa disse uma vez que “Se suas fotos não estão boas, você não está perto o suficiente”.

2 – Use flash no dia
Sério, não é piada. Se o dia está extremamente brilhante e radiante lá fora ele provavelmente criou sombras ásperas, então ligue o flash, assim você força a luz extra e preenche algumas sombras, digamos, feias.

3 – Reduza a velocidade, não avance
Antes de ver a imagem na sua câmera e capturá-la, faça algumas perguntas olhando pra ela: como você vai compor a foto? Zoom ou não? Qual configuração melhor?

4 – Tire fotos todos os dias
Essa com certeza é a melhor maneira de aprimorar tudo o que você faz: a prática. Neste caso tire fotos de qualquer coisa, não importa o quê. Siga seu estilo, sua capacidade e concentre-se nos cliques.

5 – Veja a luz, sempre
Antes de levantar, apontar e fogo, veja de onde a luz vem e tire vantagem disso. Veja se ela destaca a área de foco ou se está criando sombras interessantes.

6 – Sorria para as fotos, mesmo que esteja capturando
Seja feliz com o que captura, leve sua alegria para sua composição.

7 – Leia o manual da câmera
Mesmo que você já tenha uma certa experiência ou comprou equipamento novo, lá você pode encontrar configurações e dicas que você nem imaginava conhecer.

Aprimore seu trabalho e venda suas fotos em preto e branco para Adobe Stock!

Artigo por Pedro Renan – Quarto Criativo

 

Artista em Destaque: Alice Skinner

Valores feministas x músicas de hip hop misóginas

A marcha do dia 8 de março marca o Dia Internacional da Mulher, uma celebração global das conquistas políticas, sociais e econômicas das mulheres que clamam pela igualdade de gênero.

Para celebrar a ocasião e focar na tendência visual deste mês, Eu Fluído, nós nos juntamos a Alice Skinner, uma das ilustradoras mais importantes de Londres. Nós desafiamos Alice a criar três imagens usando Adobe Stock para celebrar as mulheres em 2018.

Alice defende as mulheres e a igualdade de gênero o ano todo. Seja se manifestando contra o imposto dos produtos de higiene pessoal, como absorventes, no Reino Unido; comentando a misoginia na cultura hip-hop ou empoderando a mulher curvilínea. Não há nada, sinceramente, que a criatividade não possa fazer.

Confira nossa entrevista e seus últimos trabalhos abaixo.

Adobe: Oi, Alice! Nos conte um pouco sobre o que você faz?

Alice: Oie! Eu sou uma ilustradora e artista visual de Londres. Eu crio muitos trabalhos que são guiados pelo meu ativismo e angústia no mundo, no entanto, eu também gosto de injetar um pouco de humor e cores lúdicas nas minhas ilustrações.

A: Qual o conceito por trás das suas peças do Dia Internacional da Mulher para a tendência deste mês “Eu Fluído” ?

AS: É a minha visão de que em 2018, as mulheres podem ser o que quiserem, não há mais moldes sobre o que nós deveríamos ser. Nessas peças, eu estava brincando com a noção das mulheres usando calças. Eu estava pensando sobre o Eu Fluído, sobre roupas e como nós temos o poder de escolher como nos apresentarmos para o mundo. Nós podemos ter nossa própria feminilidade sem esconder nossos lados masculinos, não há binaridade nas roupas. Eu queria que as mulheres fossem grandes e ousadas, ocupando espaços que mulheres, anteriormente, eram desencorajadas a ocupar, dominando as mais altas posições.

Alice Skinner para Adobe Stock

A: Você diria que as mulheres estão mais empoderadas do que nunca em 2018?

AS: Sem dúvida. Eu acho que o clima politico atual, e o fato de muitas mulheres estarem falando sobre problemas sexistas que elas têm que lidar, há uma mudança acontecendo. As coisas estão mudando e somos nós mulheres que estamos fazendo isso acontecer, é um momento muito emocionante de se vivenciar.

A: Como você definiria gênero? As divisões mudaram nos últimos anos?

AS: Eu acredito que o meu próprio entendimento da definição de gênero mudou extremamente nos últimos anos. O mundo está constantemente evoluindo e está claro que nós não podemos mais nos dividir em duas categorias, as coisas não são preto no branco. É ótimo que os diálogos se abriram e estamos nos tornando mais abertos em relação a fluidez entre os gêneros e o desejo das pessoas de se limitar a isso.

Alice Skinner para Adobe Stock

A: Você está trabalhando em algo muito empolgante que pode nos contar?

AS: Meu livro ‘The Revolution Handbook’ (‘Manual da Revolução’) acabou de ser publicado, então eu ainda estou nessa correria…confiram! Eu também vou exibir um trabalho no Festival AWOMEN em Peckham no final do mês e espero exibir mais trabalhos e criar outros livros em 2018. Existem algumas outras coisas em andamento que eu não posso adiantar por agora, mas fiquem ligados!

A: Nos explique seu processo criativo. Como você gerencia seu fluxo de trabalho?

AS: Meu processo criativo geralmente começa com uma ideia que nasce da inspiração ou da minha frustração sobre algo que está acontecendo no Current Affairs. Uma coisa boa de ser uma artista política em 2018 é que eu nunca estou sem ideias…o mundo atualmente é um presente que você continua recebendo! Eu também crio muitas listas que me ajudam a administrar meu fluxo de trabalho, embora se alguém vir os rabiscos nas minhas anotações, vai ficar muito confuso.

A: Você usa os produtos Adobe para editar seus trabalhos? Se sim, como?

AS: Eu normalmente faço o rascunho de tudo à mão com lápis e então passo a limpo com a caneta. Depois disso, eu scanneio no Photoshop e brinco com os diferentes efeitos e cores, até que eu esteja feliz com a peça finalizada.

Alice Skinner para Adobe Stock

A: Qual é seu aplicativo Adobe favorito? Por quê?

AS: Eu tenho que dizer que é o Photoshop. É uma ferramenta inestimável para o meu trabalho, se ele desaparecesse, eu ficaria totalmente perdida. Eu acredito que o Photoshop é uma das ferramentas mais revolucionárias dos nossos tempos e mudou a função do design para sempre.

A: Qual a palavra que te vem a cabeça quando você pensa na Adobe e na Creative Cloud? Por quê?

AS: Infinidade. Há tanto para ser criado e produzido e milhares de caminhos para isso. A Adobe está constantemente crescendo e se expandindo, o que significa que você como usuário, também evolui.

“Se você é imparcial em situações de injustiça, você escolheu o lado do opressor” – Ilustração Alice Skinner

A: Qual conselho você daria para os atuais e os futuros ilustradores?

AS: Desenhe, desenhe, desenhe! Um professor uma vez me disse que desenhar todos os dias é a melhor maneira desenvolver seu estilo e isso é totalmente verdade. Mesmo se for um rabisco rápido ao invés de uma peça finalizada. É algo que eu tento cumprir.

Muito obrigada, Alice, por estar conosco. Siga Alice no Instagram, Twitter ou Behance para ver seu último trabalho e descobrir seus próximos lançamentos.

Se você também é ilustradora, venda seu trabalho em Adobe Stock!

 

Como ter imagens mais vivas em Preto e Branco!

Quando pensamos em preto e branco, logo temos em mente a ideia de imagens com um maior poder de detalhes e informações. Para isso, são necessários alguns cuidados e atenção em certos aspectos.

A imagem em P&B precisa, em primeiro lugar, mostrar contrastes especiais em uma exposição correta.

Para isso, lançar mão do histograma, disponível nos softwares de edição de imagens como Photoshop e Lightroom, pode ser uma ótima alternativa, já que através do histograma podemos ver qual a real latitude (alcance da luz) de uma imagem.

Captura de tela do Lightroom cc2018

Ter a certeza de que uma imagem alcançou tons mais claros, sem deixar de cobrir as áreas mais escuras, fará com que o espectador se envolva, pelo alto nível de informação encontrada na imagem. Porém é necessário lembrar que toda e qualquer textura somente será percebida nas áreas mais próximas dos tons médios. Então o grande segredo é o contraste e se tratando de uma imagem em Preto e Branco, use-o sem moderação!

Venda suas fotos em preto e branco para Adobe Stock!

Artigo por Rodrigo de Magalhães

 

Imagina diminuir bastante o tempo de algumas tarefas no Photoshop, só com alguns cliques

Isso é feito graça aos centenas de atalhos que o queridinho Ps nos disponibiliza, e hoje eu trouxe 15 comandos que te ajudarão a acelerar seeus jobs.

1 – Movimento de Conteúdo-Consciente

MAC E WINDOWS: Shift + J

Permite que você mova objetos em uma fotografia, e ele preencha inteligentemente as lacunas.

2 – Salvar para web e dispositivos

MAC: Cmd + Shift + Opt + S
WINDOWS: Ctrl + Shift + Alt + S

Salva seu projeto com qualidade para a web.

3 – Feche e vá para Bridge

MAC: Cmd + Shift + W
WINDOWS: Ctrl + Shift + W

Como o nome indica, isso irá fechar seu documento e depois abrir o Adobe Bridge, onde você pode selecionar o próximo arquivo em que deseja trabalhar.

4 – Preencher

MAC: Shift + F5
WINDOWS: Shift + F5

Preenche a seleção com a cor do primeiro plano ou com um padrão selecionado.

5 – Alternar opção de aerógrafo

MAC: Shift + Opt + P
WINDOWS: Shift + Alt + P

Simule a pintura de pulverização com a ferramenta Airbrush.

6 – Inverter seleção

MAC: Cmd + Shift + I
WINDOWS: Ctrl + Shift + I

Selecione objetos em torno de uma imagem pré-selecionada.

7 – Encontre as alças de dimensionamento

MAC: Cmd + T , então Cmd + 0
WINDOWS: Ctrl + T , então Ctrl + 0

Ao colar uma camada ou seleção em uma imagem do Photoshop que é maior do que a imagem atual, pode ser difícil encontrar as alças de dimensionamento.

8 – Selecione os canais individuais

MAC: Cmd + 3 (vermelho), 4 (verde), 5 (azul)
WINDOWS: Ctrl + 3 (vermelho), 4 (verde), 5 (azul)

Selecionar com os Canais do Photoshop torna a remoção de um objeto complexo do fundo muito mais fácil do que usar outras ferramentas.

9 – Ver pixels reais

MAC: Cmd + Opt + 0
WINDOWS: Ctrl + Alt + 0

Visualizar uma imagem no Photoshop em pixels reais te dá a chance de ver cada pixel individualmente – garantindo que seu trabalho seja perfeito.

10 – Renderizar

MAC: Opt + Shift + Cmd + R
WINDOWS: Alt + Shift + Ctrl + R

Use este atalho do Photoshop para criar uma renderização final do seu 3D e crie a versão de qualidade mais alta para saída para web, impressão ou animação.

11 – Mostrar / Ocultar polígonos

Dentro da Seleção

MAC: Opt + Cmd + X
WINDOWS: Alt + Ctrl + X

Revelar tudo

MAC: Opt + Shift + Cmd + X
WINDOWS: Opt + Shift + Ctrl + X

Se você estiver trabalhando com recursos 3D, use esta opção para ver os polígonos que compõem seus modelos 3D.

12 – Alinhar texto para a esquerda / centro / direita

MAC: Cmd + Shift + L / C / R
WINDOWS: Ctrl + Shift + L / C / R

Uma ótima maneira de experimentar o alinhamento do seu texto.

13 – Reseleccione

MAC: Cmd + Shift + D
WINDOWS: Ctrl + Shift + D

Este é um excelente comando para quando você acidentalmente clica longe de uma seção.

14 – Desmarque a partir da área de seleção

MAC: Opt + arraste
WINDOWS: Alt + arraste

Se você precisar desmarcar uma determinada área afiada, aperte essas teclas e arraste o mouse.

15 – Selecione uma cor de uma imagem

MAC: ferramenta Opt + Brush

WINDOWS: Alt + Pincel ferramenta

Ao trabalhar com um pincel do Photoshop, se você quiser provar uma cor de uma imagem, em vez de clicar na ferramenta Eyedropper, mantenha pressionada a tecla Alt ou Opção para alternar temporariamente.

Ganhe tempo e dinheiro vendendo suas fotos no nosso banco de imagens Adobe Stock

Artigo por Pedro Renan – Quarto Criativo