A representação de movimento em uma imagem pode ser representada de algumas formas, vamos ver nesse post algumas das principais maneiras. Colocar pessoas em situações onde o movimento parece óbvio é uma boa maneira.

Atletas corredores, ciclistas e motoristas darão a impressão ao espectador de que a cena está em plena ação e dependendo das posições e enquadramentos, dará a impressão de maior ou menor velocidade.

Outra maneira seria usar os recursos de baixa velocidade de sua câmera fotográfica para dar rastros em uma cena, dando ao espectador a real impressão de que a imagem está em movimento.

Nesta imagem, por exemplo, o autor, que provavelmente está em um veículo como um trem, usou o recurso de controlar a velocidade da câmera fotográfica para poder deixar os rastros dos pontos luminosos e conseguir então esse efeito.

Já neste caso, a câmera está parada e quem está em movimentos são os carros que passam em uma avenida ou estrada. Como o tempo de exposição da imagem é relativamente longa os rastros dos pontos luminosos são registrados pelo sensor da câmera, mas o carro, por não ser um ponto luminoso, não é registrado.

Agora divirta-se, seja colocando as pessoas ou objetos em uma ação que dê ao expectador a ideia de ação, ou criando efeitos borrados causados pelas baixas velocidades de sua câmera fotográfica.

Usar recursos de desfoques no processo de pós produção dentro do Photoshop também pode ser uma alternativa para a ideia de movimento.

Seja um colaborador Adobe Stock e ganhe dinheiro com suas fotos!

Artigo por Rodrigo de Magalhães

 


Adobe Stock Colaborador

Posted on 04-03-2018


Join the discussion