5 ações que os fotógrafos podem tomar durante a crise

Rafael Ferreira

A atual pandemia, tanto ao que se refere à saúde quanto às finanças, alterou drasticamente a rotina diária das pessoas e os negócios de todo o mundo, e os fotógrafos e artistas digitais não são exceção.

Como essa é uma situação única, não existe um caminho claro que devemos seguir para vencermos a crise. No entanto, existem algumas “boas práticas”, que podem te ajudar a sair melhor dessa fase que estamos vivendo, e nesse post eu quero trazer algumas dicas sobre isso pra você.

A questão é que a maioria dos fotógrafos tiveram suas atividades paralisadas, com eventos e ensaios cancelados ou adiados. Outros tiveram que adaptar questões de higiene e segurança, e outros, ainda, estão praticando a criatividade fotografando em casa. Apesar das circunstâncias, o mais importante de tudo é não ficar parado!

Então, o que fazer nesse período?

Já que a maioria dos trabalhos foram cancelados ou adiados, é importante criar alternativas para manter o seu negócio funcionando, e aqui é que entra a sua criatividade e capacidade de se reinventar como fotógrafo e como empreendedor.

As possibilidades são diversas e eu vou citar aqui as que eu mais tenho visto funcionarem no meio fotográfico:

1- Vouchers

Você pode criar e vender vouchers ou cupons para serem usados dentro de um prazo determinado.

Crie um pacote especial com uma promoção ou desconto, para que seus clientes possam adquirir agora e utilizar depois. Dessa forma, você consegue continuar vendendo o seu trabalho e executar ele quando as atividades forem retomadas. 

2- Reative clientes antigos

Lembra daquele evento ou ensaio que você fotografou, editou e está esquecido no seu HD? Pois é, esse material pode ser uma fonte de renda nesse momento. Monte um novo produto com essas fotos, como um álbum, um vídeo ou até mesmo um quadro, e ofereça para esses clientes antigos. Você pode se surpreender com os resultados.

3- Navegue por outros nichos

Com lojas e restaurantes fechados, as pessoas estão comprando muito mais em e-commerce e aplicativos de comida, portanto, a demanda por esse tipo de imagem tem crescido muito e isso faz com que essa seja uma ótima oportunidade para você adentrar o universo da fotografia de produtos e gastronomia. Comece criando um portfólio no nicho que você escolher, depois monte pacotes e ofereça para as empresas da sua cidade. Lembre-os de que é muito mais fácil vender alguma coisa quando se tem uma boa fotografia para mostrar.

4- Use seu conhecimento de edição

Dominar a pós-produção, além de trazer resultados incríveis pro seu trabalho, ainda possibilita que você trabalhe apenas utilizando seu computador e os aplicativos da Adobe. Paralelamente a isso, existe muita demanda de edição de imagem de qualidade no mercado fotográfico. Então, por que não aliar as duas coisas? Crie um portfólio com seus trabalhos e edições, e ofereça o serviço de pós-produção de fotografia, diagramação de álbuns, manipulações e por aí vai.

5- Venda fotos no Adobe Stock

O fato de que os trabalhos estão sendo cancelados ou adiados não significa que você deve parar de fotografar. Pelo contrário, você pode fotografar todos os dias e colocar as suas fotos para vender no mundo inteiro através do Adobe Stock, que é um banco de imagens da Adobe. O cadastro é gratuito e, com o tempo, você pode ter uma boa renda com isso. Para começar, aconselho fazer uma boa varredura nos seus HDs procurando por fotos que possam ser vendidas e logo depois. Aqui a criatividade rola solta também.

E agora a dica mais importante: Não saia de cena!

Esse é um ótimo momento para você organizar a sua produção de conteúdo e firmar o seu posicionamento.

Com as pessoas em casa, a única forma de contato com o seu público é pela internet. Então, mais do que nunca, você precisa se manter ativo, produzindo e publicando conteúdo de valor para engajar o seu público e divulgar o seu trabalho.

Somente essa prática já traz consigo uma série de pontos positivos para a sua carreira, pois, ao produzir conteúdo para internet, além de divulgar o seu trabalho, você exercita o seu conhecimento, sua técnica e o mais importante: sua criatividade. Portanto, continue postando e se relacionando com sua audiência diariamente.

Sei que esse é um momento em que todos estamos apreensivos e inseguros sobre o futuro, mas acredito que, com essas e outras práticas, você pode reduzir o impacto financeiro dessa crise e se manter firme na profissão de fotógrafo ou editor de imagens, saindo dela melhor do que você entrou.

Acompanhe também os últimos vídeos em parceria com a Adobe Brasil que publiquei no meu Instagram:

https://www.instagram.com/rafaelferreirafotos/


Rafael Ferreira

Posted on 05-22-2020


Join the discussion