Experiência do usuário UX , tudo que você precisa saber

Creative Cloud

Com certeza você já ouviu falar muitas vezes sobre a experiência do usuário UX e a importância de seu cliente ter uma interação fácil e rápida com o seu site ou aplicativo.

Nesse sentido, um site ágil e fácil de navegar pode fazer a diferença na hora de se realizar uma compra. Mas, o que exatamente é UX Design e como você pode usá-lo para melhorar a retenção de usuários e a taxa de conversão? Continue lendo para saber tudo sobre o assunto!

O que é design de experiência do usuário, o UX Design?

O UX Design é um sistema desenvolvido para criar produtos que atendam às necessidades dos usuários finais, abrangendo todos os aspectos, desde o tema gráfico e a ‘interface’ até a interação do usuário com o produto final. Tudo para que, a experiência do usuário com a marca e serviço seja a melhor possível.

Qualquer produto ou serviço precisa de uma boa experiência do usuário. Na verdade, de acordo com a consultoria Nielsen, se o UX de um site for ineficaz (por exemplo, se a página demorar para carregar ou sua navegação for confusa) é muito factível que o usuário desista do produto ou serviço ofertado por essa marca específica. Nielsen fala que de 9 em cada 10 usuários que têm uma experiência ruim, não voltam ao site. 

Uma boa experiência do usuário vai além de um site. Muitos usuários usam seus dispositivos móveis para consultar informações, navegar em uma página e até mesmo fazer compras em plataformas de e-commerce. Por isso, o UX Design deve ser responsivo, ou seja, deve se ajustar sem problemas a qualquer tela, navegador e sistema operacional.

experiência do usuário, o UX Design

Etapas do UX Design

Embora a aparência e navegabilidade de um site ou aplicativo dependam de vários fatores que influenciam o UX Design, existem uma série de etapas que podem ser aplicadas a qualquer projeto focado em criar de uma experiência digital satisfatória para o usuário:

Etapas do UX Design

1. Entenda o usuário e a marca

Como o design focado na experiência do usuário tenta resolver os problemas que o público pode encontrar ao entrar em um site, ou usar um aplicativo, a primeira etapa é entender qual é o objetivo do seu usuário ou cliente final. Se você conseguir adaptar seu site para o que o seu cliente precisa encontrar, você estará um passo à frente. Veja se essas necessidades estão alinhadas com seus próprios objetivos de marca. Tem a ver? Seu cliente vai encontrar o que você precisa que ele encontre?

Você também pode gostar: Como estimular a criatividade em uma pandemia. (Carta aberta)

2. Pesquisa

Uma vez que você sabe que o projeto está alinhado com a missão da empresa e quais problemas ele está tentando resolver, segue-se a fase de pesquisa. O resultado do projeto depende disso. Portanto, em vez de confiar em suposições, você precisa aplicar métodos de pesquisa como entrevistas 1:1, grupos de foco e testes de usabilidade.

3. Análise 

Nesta etapa, as informações coletadas nas fases de entendimento e pesquisa são utilizadas para identificar as características dos usuários que irão interagir com a página, incluindo dados demográficos, hábitos de consumo e necessidades.

Além disso, uma “buyer journey” ou mapa de jornada do cliente pode ser realizada para entender as interações que o usuário terá com a página.

4. Design e prototipagem

Agora é a hora de desenvolver o layout, incluindo mapa do site, fluxo do usuário, imagens, ícones e definição das cores a serem utilizadas. Para isso, projetamos Adobe XD, uma ferramenta que permite definir todos os aspectos da interface do usuário de forma simples.

Depois do design ser feito, é hora de construir um protótipo do produto, ou seja, uma representação do mesmo levando em consideração o mapa do site, o fluxo do usuário e outras informações definidas no design.

Protótipos são diagramas funcionais com designs de blocos que incluem espaços reservados para que os designers saibam onde as imagens serão inseridas. Em muitos casos, esses diagramas são estáticos, mas existem ferramentas como o Adobe XD que permitem adicionar interações, animações e movimentos para entender como será a experiência do usuário de UX, antes mesmo do desenvolvimento do produto.

Design e prototipagem

Você também pode ler: Como criar um portfólio sem ser designer em 5 passos

5. Lançamento

Uma vez que o protótipo esteja pronto é hora de criar uma versão de alta fidelidade da interface do usuário, na qual todos os aspectos definidos na etapa anterior são implementados.

Para garantir que a página atenda a todos os requisitos, uma versão beta pode ser feita para uma pequena base de usuários (que pode incluir a equipe interna) para que os problemas possam ser encontrados e corrigidos antes do lançamento em grande escala.

6. Análise

O processo de UX Design não termina com o lançamento do produto final. É necessário realizar uma nova rodada de análise de todo o processo de design, identificando os pontos fortes e fracos. Desta forma, os designers podem continuar a melhorar o produto para oferecer uma experiência de UX cada vez mais agradável.

Para que serve o Adobe XD?

Para tornar a interação do usuário final com seu produto digital mais ágil, agradável e eficiente, implementando um workflow que permita que sua equipe de UX Design execute suas tarefas de forma colaborativa.

Com Adobe XD você pode:

  • Criar fluxos de usuário, diagramas funcionais, protótipos interativos e animações sem a necessidade de vários aplicativos.
  • Criar sistemas de design para manter a consistência e ajudar sua equipe a trabalhar com mais rapidez.
  • Trabalhar simultaneamente no mesmo documento com outros colaboradores da equipe, para que todos os envolvidos no projeto possam revisar os projetos e deixar seus comentários à medida que a construção do protótipo avança.
  • Graças à integração do Adobe XD com os aplicativos Adobe Creative Cloud, seus designers podem editar imagens no Adobe Photoshop ou sincronizar fontes do Adobe Fonts e usá-las no XD.
  • Trabalhar de qualquer sistema operacional, já que o XD é multiplataforma, e pode experimentar protótipos em qualquer dispositivo, graças aos aplicativos para iOS e Android.

Ao fornecer uma excelente experiência de UX ao usuário, em que as interações são o mais simples e intuitivas possíveis, você não só consegue aumentar sua taxa de conversão, mas também reter seus usuários. E, se o seu produto puder ajudá-los a resolver seus problemas o mais rápido possível, seus clientes estarão mais propensos a recomendar o seu produto para familiares e amigos.

Com o Adobe XD é muito fácil tornar o design de sua página ou aplicativo o mais eficaz possível. Clique aqui para baixar uma versão de avaliação do Adobe XD e juntar-se às centenas de empresas que já estão usando todo o poder desta ferramenta para levar o processo de UX Design a um novo nível.

Você pode gostar:

5 dicas para deixar de lado o “não consigo me concentrar em home office”
Como usar a psicologia das cores para melhorar as conversões
Transformação digital das instituições educativas


Creative Cloud

Posted on 08-25-2020


Join the discussion