Apresentando Gradientes de Cor

Adobe MAX
por Max Wendt 

Olá, seja bem-vindo a outra edição de “From the ACR Team“, a série do blog que traz insights diretos da equipe que constrói os recursos de imagem para Lightroom, Lightroom Classic, LIghtroom Mobile, Adobe Camera Raw e o filtro Camera Raw no Photoshop. Sou o engenheiro-chefe do novo recurso de Colorização e estou muito animado para apresentá-lo a você hoje! Apresentarei os novos controles, compartilharei algumas dicas e truques e o ajudarei a dar os primeiros passos na colorização de suas imagens. 

Também apresentarei alguns trabalhos excelentes de alguns dos nossos primeiros especialistas em teste – incluindo a imagem em destaque acima, da Paola Franqui! Nosso objetivo era criar um recurso capaz de produzir resultados impressionantes de maneira fácil e intuitiva. Receber feedback e ver o trabalho desses especialistas durante o desenvolvimento foi muito útil e estou grato por poder compartilhar algumas dessas imagens com você aqui. 

Aqui está uma prévia de algumas das imagens para você ter um gostinho do que vem por aí – se quiser ir direto para essa seção, clique aqui. 

Se você já está familiarizado com as rodas de cores, você estará em casa – divirta-se! Se não estiver, vou ajudá-lo a começar – elas são divertidas e fáceis de usar. Como acontece com todos os recursos de processamento de imagem, a melhor maneira de aprender é experimentando. Desfazer e redefinir estão sempre disponíveis: você não vai estragar nada experimentando aqui. Então – vá fundo nas mudanças, veja o que acontece, volte atrás – ou deixe como está! Se você ainda não usou a Colorização, faça uma pausa na leitura e experimente-a. 

De Tons Divididos para Colorização 

Você provavelmente notou que a ferramenta Tons Divididos acabou; ela foi substituída por Colorização. Mas não se preocupe: a Colorização é 100% compatível com a antiga Tons Divididos. A Colorização é uma extensão do recurso Tons Divididos – ela pode fazer tudo o que Tons Divididos fazia, e muito mais. Suas imagens existentes com configurações de Tons Divididos ficarão exatamente as mesmas de antes, suas antigas predefinições de Tons Divididos também terão a mesma aparência quando você as aplicar e você ainda poderá obter os mesmos resultados se tiver um ponto de partida conhecido ao fazer divisão de tons manualmente. Exploraremos os detalhes na seção “Compatibilidade de Tons Divididos” abaixo. 

Se você nunca usou Tons Divididos ou Colorização, esta é a ideia: você pode aplicar uma matiz de cor à sua imagem com base no brilho dos pixels: pixels mais claros podem ser tingidos de forma diferente dos mais escuros. Com a Colorização, você também pode controlar os meios-tons. 

Isso não é novo para a imagem digital; tonificação e divisão de tons são técnicas tradicionais de câmara escura. A tonificação costumava ser feita com o branqueamento de suas impressões e a aplicação de toner; diferentes visuais podem ser alcançados pela forma como você aplica o alvejante. A versão digital é mais fácil – pelo menos pelo fato de que você pode mudar o tom sem fazer outra impressão – e definitivamente menos fedorenta! (Eu sei que existem toners inodoros agora – quando eu estava aprendendo técnicas de câmara escura, tonificar era uma coisa muito fedorenta). 

A Colorização foi um bastante usada na edição de vídeo por muito tempo; e também vem ganhando popularidade na fotografia estática. 

O que a Colorização faz e o recurso Tons Divididos não faz? 

Rodas de cores! Controle de meio-tom! O controle de Mesclagem! Controles de Luminância! Controle Global! Exponencialmente, mais controle e poder! Ok, vamos com calma. Com menos pontos de exclamação, aqui está uma visão geral dos novos controles: 

Rodas de cores 

A mudança mais óbvia dos Tons Divididos são as rodas de cores. Elas são o controle padrão da indústria, incluindo o painel Lumetri Color do Adobe Premiere. 

A interface Colorização, mostrando a visualização de 3 vias (esquerda) e a visualização de detalhes de Meios-tons (direita). 

Na parte superior do painel, você verá uma linha de ícones para definir a visualização. 

Em aplicativos de desktop, a primeira visualização é de 3 vias, que mostra as sombras, tons médios e realces em uma única visualização. Os aplicativos móveis não têm uma visualização de 3 vias – seria um pouco pequena para ser útil. 

Os próximos três ícones o levarão a uma visão maior de “detalhes” para cada um dos intervalos; as alterações feitas nas rodas na vista de 3 vias são refletidas nas vistas de detalhes correspondentes e vice-versa. As visualizações de detalhes são apenas versões maiores de cada roda de cores por si só. 

O último ícone é para a roda de cores global. O controle Global é um pouco diferente das três rodas baseadas em alcance, portanto, não aparece na visualização de 3 vias. Mais em Global abaixo. 

Um rápido resumo das rodas de cores: a alça dentro da roda controla o matiz e a saturação. A distância do centro controla a saturação: quando a alça está no centro da roda, saturação = 0 (sem matiz). Quando a alça está na borda da roda, saturação = 100. Da mesma forma, o ângulo da alça na roda define o matiz. Há uma alça adicional na borda da roda – esta é uma alça exclusiva para tonalidade. 

Para ver a conexão entre os controles de Tons Divididos e as rodas de cores de uma forma muito clara, vá para uma das visualizações de detalhes de uma única roda clicando em qualquer um dos ícones na linha na parte superior do painel. Em seguida, abra o triângulo de divulgação sob a roda para mostrar os controles de Matiz e Saturação. 

Primeiro, clique no ícone de sombras circulado. Em seguida, clique no triângulo de divulgação circulado para revelar os controles de Matiz e Saturação. 

Mova o controle de saturação para frente e para trás enquanto observa a alça na roda de cores. Você verá que ele se move em linha reta do centro para a borda, como um raio em um círculo. 

Deixe a alça em algum lugar no meio da roda e agora mova o controle de matiz da mesma maneira. Você verá que alterar o matiz move a alça em um círculo ao redor do centro da roda. 

Agora clique na roda e mova a alça ao redor: você verá que os dois controles deslizantes se movem ao mesmo tempo. Muito fácil! É por isso que o espaço com os controles deslizantes são fechados por padrão – você pode usar a roda para escolher suas cores mais rapidamente. Mas se você gosta de controles deslizantes, eles estão disponíveis para você. 

Usar a roda de cores permite que você explore de forma rápida e fácil diferentes cores a serem aplicadas à imagem. Existem vários auxiliares integrados às rodas: para obter mais informações, consulte “Obtendo o máximo das rodas de cor”. 

Controle de tons médios 

A outra adição óbvia é o controle de tons médios. A ferramenta Tons Divididos s permitia aplicar um tom de cor às sombras e outro aos realces. A Colorização adiciona a capacidade de aplicar um terceiro tom de cor aos meios-tons. Os realces, meios-tons e sombras juntos são chamados de rodas de cores “de 3 vias”. 

Com Tons Divididos, você podia mudar a divisão entre as duas faixas com o controle Equilíbrio; mover Equilíbrio para a esquerda faz com que mais pixels sejam tratados como sombras, movê-lo para a direita faz com que mais pixels sejam tratados como realces. O controle Equilíbrio ainda define as divisões entre os intervalos, com os mesmos comportamentos esquerda/ direita de antes. Quais pixels devem ser considerados meios-tons agora também é definido pelo controle Equilíbrio. 

Tire um tempo para experimentar um pouco em algumas de suas imagens: a melhor maneira de entender é experimentar e explorar por conta própria. Então, faça uma pausa, vá brincar com as 3 rodas e o controle de Equilíbrio e veja o que você pode fazer! 

Ok, espero que você tenha se divertido! Como você pode ver, as 3 rodas e o controle de Equilíbrio por si só são muito poderosos, mas com três intervalos para gerenciar, o controle de Equilíbrio permite ainda mais controle: entre no controle de Mesclagem. 

Mesclagem 

A Mesclagem permite que você controle o quanto as três faixas de tons se sobrepõem. Em algumas imagens, as alterações na Mesclagem serão muito sutis; em outras, podem ser bastante dramáticas. O valor padrão é 50, o que dá uma boa quantidade de suavização e independência aos intervalos. 

Quando a combinação é definida como 0, a quantidade de sobreposição é minimizada; não é um corte rígido, porém, ainda há sobreposições para fazer boas transições. Cada intervalo é amplamente livre de outros intervalos – se você definir os tons médios para ter um tom verde, verá o verde, não importa o tom que definiu nas sombras ou realces. 

Quando a combinação é definida como 100, os três intervalos se sobrepõem. Isso fornece uma aparência muito suave, mas os tons de cores se combinam e se misturam. Usando o mesmo exemplo de “tons médios verdes” de antes, o verde será mesclado com a tonalidade de sombra e realce. 

Novamente, isso é melhor compreendido por meio de experimentos. Vejamos um exemplo juntos. 

Comece com uma imagem monocromática. A colorização, como a divisão de tons, funciona bem para tingir imagens em preto e branco. Começar aqui também nos permite ver os efeitos da gradação de cores sem nos preocupar com nenhuma interação com a cor subjacente. 

Sinta-se à vontade para baixar esta imagem e experimentar ou escolher uma imagem em preto e branco de sua preferência (ou as duas!). Para obter os melhores resultados durante o aprendizado, procure imagens com áreas de sombras, meios-tons e realces para ver como os três intervalos interagem. 

Vamos começar definindo Mesclagem para 100; Matiz de Sombras para 240, Saturação de Sombras para 100, Matiz de Realces para 0 e Saturação de Realces para 100. Os matizes não precisam ser exatos, basta transformá-los em azul e vermelho. 

Como você pode ver, com Mesclagem = 100, há muita sobreposição entre as sombras e os realces: eles se misturam nos tons médios, criando uma gama de matizes roxos ali – sem ter definido qualquer matiz de meio-tom ainda. 

Antes de adicionar um meio-tom, vamos explorar o que a Mesclagem faz apenas com sombras e realces. 

Mova o controle de Mesclagem totalmente para baixo até 0. 

Como você pode ver, os roxos desaparecem. As sombras são azuis, os realces são vermelhos e os meios-tons não são matizados, mostrando os tons de cinza originais. Mova lentamente o controle de Mesclagem para frente e para trás entre 0 e 100 para ver como o azul e o vermelho combinam entre os vários valores de Mesclagem. 

Uma observação aqui: pode parecer que os valores de mesclagem mais altos “aumentam” a sombra e realçam as tonalidades, tornando-as mais fortes. Embora os efeitos deles fiquem mais pronunciados, eles não estão realmente ficando sobrecarregados: ao aumentar a mesclagem, as tonalidades de sombra e realce podem atingir mais áreas da imagem, de modo que você vê mais pixels sendo afetados por elas. À medida que você diminui a Mesclagem, menos pixels são afetados por eles e, portanto, parecem diminuir. 

Agora redefina a Mesclagem para 0; é hora de adicionar um pouco de matiz aos tons médios. Defina Matiz de Tons Médios para 120 e Saturação de Tons Médios para 100. Novamente, não é essencial obter o matiz para exatamente 120, apenas torná-lo verde. 

Com essas configurações, você pode ver claramente sombras azuis, meios-tons verdes e realces vermelhos. 

Agora observe a imagem enquanto move o controle de Mesclagem para 100. As cores claramente definidas começam a se mesclar, fazendo uma mistura das três na imagem. 

Como você pode ver comparando essas duas imagens, a combinação é um controle muito poderoso, especialmente quando as saturações são altas. 

Agora experimente um pouco: mova seus meios-tons por toda a roda para ver como eles se misturam com sombras e realces em Mesclagem = 100, então mova Mesclagem para 50 (o valor padrão) e veja como funciona lá. 

Este exemplo começou com sombras totalmente saturadas e realces para tornar os efeitos muito óbvios. Agora tente diminuir a saturação das sombras e realces e experimente a Mesclagem com saturações mais baixas; você verá que as diferenças não são tão dramáticas como eram com saturações mais altas. 

A combinação funciona de forma consistente em todas as saturações, mas, como você viu, nem sempre é tão óbvio quando elas estão mais baixas. Por causa disso, adicionamos feedback ao controle de Equilíbrio. Na área de trabalho, mantenha pressionada Option (Mac) ou Alt (Windows) enquanto usa o controle de Mesclagem para aumentar temporariamente a saturação dos três intervalos para 100. Isso permite que você veja rapidamente como seus tons estão se misturando conforme você ajusta a Mesclagem. Liberar a tecla opt / alt mostrará suas configurações reais de saturação. 

Você pode fazer a mesma coisa no celular, adicionando um segundo toque de dedo na tela enquanto usa o controle de Mesclagem. 

Controles de Luminância 

Colorização também adiciona a capacidade de ajustar a luminância para cada intervalo. Há um controle deslizante abaixo de cada roda de cores, com intervalos de -100 a 100. As alterações de luminância podem ser aplicadas mesmo sem aplicar um tom de cor. 

Uma das perguntas mais comuns em nossos primeiros testes era: “Como os controles de luminância são diferentes dos controles do painel Básico ou de Luz?”. 

Uma resposta é baseada na intenção: os controles de luminância são usados ​​para fazer alterações específicas de colorização. Ou seja, se você quiser levantar o preto/ sombras para um tratamento específico, você pode fazê-lo aqui, deixando o resto de suas configurações de imagem como estavam. da mesma forma, se você quiser escurecer e tonificar significativamente os realces, este é o lugar. 

Além disso, os controles de Exposição, Realces e Sombras do painel Básico/ Luz são muito mais sofisticados do que os controles de Luminância da Colorização. Se você está procurando a recuperação de realce, o controle de Realce ainda é a ferramenta a ser usada. Os controles de Luminância da Colorização são projetados para trabalhar lado a lado com as faixas de tonalidade de cor, movendo-se e mudando com a mesclagem e o equilíbrio, de modo que são otimizados para isso em vez de serem os ajustes primários da imagem. 

Uma nota sobre a aplicação de tonalidades ao pixel preto e branco: se você aplicar uma cor a um pixel preto ou branco, ele ainda será preto ou branco. Para ver uma cor em preto ou branco, primeiro ela precisa se tornar um tom de cinza. Às vezes você quer que o preto permaneça preto e/ ou o branco permaneça branco, mas às vezes não quer. Quando você quiser, aumentar a luminância da sombra permitirá que você tinja o preto e diminuir a luminância do realce permitirá que você tinja o branco. 

Ao aumentar a luminância da sombra, consegui fazer com que o fundo preto tivesse uma tonalidade azul. Eu adicionei uma borda preta para tornar mais óbvio na página branca do blog. 
Nesta imagem, o topo da “duna” era um branco especular. Ao diminuir a luminosidade do realce, fui capaz de matizá-lo junto com o resto dos tons mais claros. 

Controle global 

Além das três rodas de cores principais, há outra nova: Global. Você pode pensar nas rodas de três vias como nos Tons Divididos mais meios-tons; da mesma forma, a roda Global é semelhante a “Tons Divididos menos a divisão.” 

A roda Global aplica um matiz de cor mais ajuste de luminância a toda a imagem, em todas as faixas. Se você está procurando um simples aquecimento ou resfriamento (ou qualquer outro tom de cor) em toda a imagem, o Global torna isso mais fácil. 

Eu queria dar a isso um toque vintage, então adicionei um toque de verde usando a roda Global. 

Global também pode ser aplicado em cima dos ajustes de três vias. Isso é ótimo para aplicar um grau de cor com as características desejadas nas rodas de três direções e, em seguida, tonificar a imagem inteira sem alterar as relações entre os tons das três vias. 

A Mesclagem e o Equilíbrio não afetam a tonalidade aplicada pela roda global. 

Abordagens de Colorização 

Aqui estão algumas diretrizes simples que podem ser úteis à medida que você aprende a usar as novas ferramentas de colorização. Reconheço que existem tantos fluxos de trabalho quanto pessoas, portanto, se você tiver uma forma estabelecida de trabalhar, fique à vontade para ignorar isso. 

Faça sua edição básica primeiro 

Uma maneira de trabalhar é ajustar a tonalidade geral e colocar a imagem onde quiser antes de aplicar gradação de cor a ela. Se está tentando compensar os realces estourados do painel Colorização, você pode ficar desapontado. O controle de Realce é uma ferramenta muito mais eficaz para isso. O mesmo se aplica a todos; obtenha um bom equilíbrio de branco usando as ferramentas dedicadas de equilíbrio de branco antes de visitar o painel Colorização; faça os ajustes de contraste básicos em Básico / Luz; obtenha cores específicas em uma boa base antes de aplicar Colorização; etc. 

Se procura um look muito estilizado, claro que pode e deve usar todas as ferramentas à sua disposição! 

Você não precisa usar todas as rodas. 

Agora existem três rodas de cores principais, além da Global! Você não precisa usar cada um deles em todas as imagens. Para tarefas simples, você pode simplesmente acabar usando a roda Global. Ou, se você está acostumado com a divisão de tons, pode continuar a aplicar apenas sombras e realces. Outra opção é usar meios-tons da mesma forma que usaria os realces de divisão de tons e, em seguida, deixar o disco de cores dos realces sozinho. Ou apenas aplique sombras. Há muitas maneiras de se chegar aqui, então não sinta que deixar uma roda intocada é uma coisa ruim. É tudo uma questão de visão! 

Experimente Mesclagem e Equilíbrio 

Os valores padrão para Mesclagem e Equilíbrio funcionam bem; as pessoas frequentemente esquecem que podem mudá-los para obter efeitos diferentes. Quando você sentir que está chegando perto da colorização, tente mover um pouco os controles de Mesclagem e Equilíbrio. Olhe para a imagem e mova os controles deslizantes até sentir que obteve a aparência desejada. Você pode se surpreender com os valores que configurou nos controles deslizantes! E, novamente, se você não gostar, você sempre pode desfazer a alteração. 

Tente usar o Global em cima da tonificação de três vias. 

Existem algumas possibilidades muito sutis, mas eficazes, a serem encontradas combinando a tonificação de três vias com a roda Global; tente adicionar um pouco de tom Global e veja como é. 

Um pouco mais longe 

As configurações de baixa saturação podem ter um forte impacto na sua imagem – mesmo se o efeito em si for sutil: a percepção humana das cores pode captar pequenas mudanças! 

Não se esqueça do filtro Camera Raw 

Você pode aplicar colorização às camadas e seleções do Photoshop usando o filtro Camera Raw. Esta é uma maneira muito prática de colorir qualquer pixel quando você estiver no Photoshop. 

Quando você deseja usar outra coisa? 

A colorização é ótima, mas nenhuma ferramenta é a resposta certa para todas as situações. Então, quando você deve usar outra coisa? 

Ajustando/corrigindo o equilíbrio de branco geral 

Você obterá os melhores resultados da Colorização ao definir primeiro o Equilíbrio de Branco. Tentar usar a Colorização para superar um equilíbrio de branco instável provavelmente será frustrante, portanto, defina primeiro uma boa configuração. É claro que você ainda pode usar o Equilíbrio de branco como um controle criativo e até mesmo emparelhar um equilíbrio de branco criativo com colorização, embora não precise mais fazer isso com tanta frequência. 

Reduzindo a saturação 

A colorização só pode adicionar cores com vários graus de saturação – não pode reduzir a saturação na imagem subjacente. 

Alguns efeitos de colorização usam saturação reduzida, então, para explorar isso, vá para Básico/ Cor para alterações de saturação global ou as ferramentas de Correção local para ajustes locais – e se você estiver usando o Lightroom Classic ou Camera Raw, não se esqueça do intervalo máscaras! Você também pode reduzir a saturação de uma cor específica em toda a imagem; o Color Mixer é a ferramenta para isso. 

Alterando um matiz específico 

Por falar no Misturador de Cores, esse também é o lugar certo para fazer alterações específicas de matiz. Sim, você pode alterar a tonalidade do seu céu com a Colorização, mas se quiser direcionar apenas os azuis do céu, o Misturador de Cores é uma escolha melhor. Depois de obter as cores de sua imagem em uma boa base, aplique a Colorização. Outra dica: se você ainda não explorou o relativamente novo ajuste de matiz local nas ferramentas de correção local, é uma maneira poderosa de alterar os matizes de forma muito seletiva. 

Tirando o máximo proveito das rodas de cores 

Embora as rodas de cores sejam bastante intuitivas, elas também vêm com vários pequenos assistentes para ajudá-lo a ajustar realmente a sua colorização. Aqui está um mergulho mais profundo nos detalhes da interface. 

(… e fique à vontade para pular esta seção e ir direto para as fotos de alguns especialistas, isso ainda estará aqui como uma referência para você depois!) 

Restrição Suave 

Você deve ter notado que pode clicar ou tocar em qualquer lugar na roda de cores para fazer a manivela saltar para o local indicado. 

Se você clicar/ tocar diretamente na alça, você ativará o modo de “restrição suave”: contanto que você arraste aproximadamente ao longo do mesmo matiz, suas alterações só serão aplicadas à saturação. Depois de arrastar para longe o suficiente do matiz, a restrição é quebrada e você pode arrastar livremente. 

Clique duas vezes/ toque para redefinir 

Clicar duas vezes/ tocar nas alças redefinirá o valor desse controle para seu valor padrão. 

Existem algumas ferramentas adicionais para os aplicativos de desktop: 

Restrição Rígidas 

Mantenha pressionada a tecla shift para manter o matiz atual e alterar apenas a saturação. Isso é semelhante a usar o controle de saturação antigo. 

Mantenha pressionada a tecla Command/ Ctrl para manter a saturação atual e alterar apenas o matiz. Isso é semelhante a usar o controle de matiz antigo. 

Modo de ajuste fino 

Mantenha pressionada a tecla Option/ Alt para ativar o modo de Ajuste Fino: seus movimentos na roda resultarão em alterações menores, permitindo que você faça alterações muito precisas. 

As restrições rígidas também estão disponíveis no modo Ajuste Fino. 

Menus de contexto 

Você pode clicar com o botão direito ou tocar com dois dedos nas rodas de cores para abrir um menu de contexto. A partir daqui, você pode redefinir a roda de cores em que clicou, as rodas de 3 vias, todas as rodas (3 vias mais global), bem como copiar as configurações da roda clicada ou colar as configurações copiadas de outra roda. 

“Silenciando” uma roda de cores 

No Lightroom Classic e no Camera Raw, existem pequenos ícones de olho em cada uma das rodas de cores. 

Você pode pressionar e segurar para remover temporariamente o efeito da roda de cores associada da imagem. Isso é muito útil ao avaliar seu trabalho; você pode ver rapidamente o que uma determinada roda está contribuindo para o efeito geral. 

Eles chegarão ao Lightroom em uma versão futura. 

Compatibilidade com Tons Divididos 

Como mencionei anteriormente, as imagens com configurações de Tons Divididos existentes e a aplicação de predefinições mais antigas com configurações de Tons Divididos redefinirão as configurações de Colorização para que sejam renderizadas da mesma forma que antes. Mas o que isso realmente significa? Aqui estão os detalhes: 

Mesclagem será definida como 100 

O recurso Tons Divididos não tinha nenhum controle sobre a Mesclagem e sempre usou o que agora chamamos de Mesclagem = 100. Ao definir o controle de Mesclagem para 100, obtemos a aparência de Divisão de Tons antigo. 

Todos os outros novos controles são definidos como zero 

Os novos controles não existiam em Tons Divididos, então eles serão definidos como zero para mostrar o mesmo resultado de antes. As configurações específicas são: todos os controles de meio-tom, todos os controles globais e todos os controles de luminância. 

Se você deseja trabalhar apenas com controles de Tons Divididos, você também pode fazer isso. Nos padrões, simplesmente mova Mesclagem para 100 e, em seguida, faça apenas edições na matiz e saturação das sombras e realces. Isso fornecerá os resultados idênticos que você obteria da antiga interface Tons Divididos. 

Exemplos e inspiração 

Conforme desenvolvíamos a Colorização, nos associamos a vários colorizadores especializados para garantir que estávamos construindo uma ferramenta que pudesse ajudá-los a alcançar suas visões e estilos. Ver tantos trabalhos incríveis sendo criados com Colorização foi muito gratificante para mim, e estou animado para compartilhar os trabalhos de apenas alguns de nossos parceiros com você hoje. 

Todd Hido 

Website: http://www.toddhido.com/
Instagram: https://www.instagram.com/toddhido_/
“Consegui facilmente obter variações de cores, especialmente entre os realces e as sombras que eram mais evasivas com a configuração anterior. O novo painel de Colorização é realmente intuitivo e também permite que você veja facilmente o que acontece quando você apenas brinca com diferentes cores e diferentes combinações e equilíbrios. ” 

Katrin Eismann 

Website: https://www.katrin-eismann.com/
Instagram: https://www.instagram.com/katrin_eismann/

“A cor de uma imagem é a emoção da imagem, com as emoções que vão desde tons pastéis de verão brilhantes e quentes para tons sombrios, suaves, mais frios e em todos os lugares intermediários. Eu abordo cada imagem, voltando à sessão de fotos original em minha mente e lembrando porque tirei a imagem – o que estava vendo e sentindo e como posso agora usar o processamento de imagem para melhor expressar esse momento. Depois de corrigir o tom e a exposição e adicionar Clareza e Textura, dou um passo para trás para me conectar com o clima da cena. Este é o ponto que experimento a Colorização para extrair e explorar a interpretação pessoal. Na maioria dos casos, prefiro trabalhar com cores complementares para criar um diálogo visual entre os valores claro e escuro de uma imagem. ” 

Nikk La 

Instagram: https://www.instagram.com/nikk_la/

“Minha abordagem para tonificar/ graduar é jogar com as cores de suporte que já estão na foto e, a partir daí, uso a roda de cores para aprimorar essas cores específicas, adicionando cores. ” 

Paola Franqui 

Website: https://www.monaris.me/
Instagram: https://www.instagram.com/monaris_/

“A nova ferramenta de Colorização do Lightroom é um divisor de águas. Acredito que a colorização é uma das partes mais importantes do fluxo de trabalho de pós-produção de um fotógrafo, e a Colorização é exatamente o que precisávamos. Vejo essa ferramenta ajudando os fotógrafos a construir um estilo único que funcionará como uma marca para seus trabalhos. Nota 10! ” 

Considerações finais 

Espero que tenham gostado desta introdução à Colorização. Como Katrin mencionou acima, a cor pode realmente ajudar a expressar emoções em suas imagens; de claro e ensolarado a escuro e temperamental – ou qualquer coisa no meio! 

Como sempre, divirta-se experimentando: embora eu definitivamente queira que você comece com o pé direito com algumas orientações, a melhor maneira de aprender uma ferramenta é usá-la. 

Estou ansioso para ver o que você está criando! 


Adobe MAX

Posted on 10-20-2020


Join the discussion